Nova timeline do Facebook deve valorizar ainda mais a publicidade

Mark Zuckerberg Facebook
 
 
Se você já está incomodado com a publicidade em sua timeline do Facebook, você pode não gostar das mudanças que estão por vir na rede social. Tudo indica que a nova versão do site, prevista para ser mostrada em evento no dia 7 de março, valorizará ainda mais o espaço publicitário da página de Mark Zuckerberg.

O Business Insider levantou uma série de indícios sobre esta possível prática do 'novo' Facebook. O site analisa os comentários do CEO durante uma conferência com analistas de Wall Street em 30 de janeiro.

No evento, Zuckerberg citou que os anúncios na rede social estavam se saindo bem, mas que o Facebook é "capaz de fazer mais com diferentes tipos de mídias". Pouco depois ele especificou o que seriam estas novas mídias: "fotos maiores, mídias ricas (com interatividade) e vídeo".

Anúncios em vídeo são um passo importante para a rede social, já que os anunciantes estão dispostos a pagar muito mais do que mensagens de texto ou apenas imagens estáticas.

Segundo Zuckerberg, no entanto, atualmente não há publicidade em vídeo noFacebook por "uma questão de princípios de design de produto". A rede social quer que o conteúdo orgânico tenha o mesmo formato que o conteúdo pago.

O Business Insider aponta que, por esta lógica, o Facebook não quer vídeos publicitários enquanto seus usuários não se acostumarem a assistir vídeos em sua timeline, seja compartilhado por seus amigos, seja enviado por produtores de conteúdo.

O site, por fim faz um resumo das prováveis ações da rede social daqui para frente:
  • Anunciantes querem exibir anúncios com "mídias ricas", "fotos maiores" e "vídeos"
  • Facebook irá permitir que eles façam isso, eventualmente
  • Primeiro, o Facebook irá criar maneiras para que os usuários visualizem imagens maiores organicamente e vídeos de seus amigos e de possíveis parceiros

Fonte Olhar Digital



Postagens Relacionadas
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »