Passo a passo: evitando a atualização compulsória do Windows Live Messenger

 Se você não gostou da nova versão do aplicativo e não quer atualizar, saiba o que fazer para continuar rodando seu velho MSN



As grandes fabricantes de aplicativos tem o hábito de forçar a migração dos usuários de versões antigas de seus programas para a mais atual. Dessa forma, não precisam ficar tão preocupados com problemas como a manutenção de versões ultrapassadas ou com a questão da compatibilidade.

O usuário, entretanto, nem sempre enxerga com bons olhos essa atitude. Isso porque, após se acostumar com os padrões de um programa, normalmente a transição para novas interfaces é difícil. Isso quando a nova versão não apresenta outras desvantagens, como por exemplo: ser muito mais pesada para carregar, não estar totalmente "debugada" etc.
Pensando nos usuários que se identificaram com o parágrafo acima, compilamos estas dicas simples para impedir que o Windows Live Messenger (MSN) 2011    force a atualização para a versão mais atual. Siga os passos:

1- Quando perguntado se deseja fazer a atualização da versão, clique em Não e confirme. 
2- Feche completamente o Messenger (não basta fechar a janela do programa, você deve clicar na opção "Sair" do ícone que se encontra na bandeja do sistema).
3- Pressione CTRL+SHIFT+ESC para entrar no "Gerenciador de Tarefas".

4- Abra a pasta de instalação do Live Messenger, geralmente algo como C:\Arquivos de Programas\Windows Live\Messenger. Clique sobre o arquivo MSNMSGR.EXE com o botão direito do mouse e selecione "Propriedades".

5- Na aba "Compatibilidade", marque a opção "Executar esse programa em modo compatibilidade"; em seguida, escolha a versão como o Windows 2000.  
Reinicie o computador e abra o programa. 
As dicas foram testadas nas versões XP, Vista e 7 do Windows.


Fonte:superdownloads




Postagens Relacionadas
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »